domingo, 16 de janeiro de 2011

Transformando um conector centronics de 36 pinos em um de 14 para usar no MSX

Os computadores MSX - os que seguem o padrão - utilizam um conector Centronics de 14 pinos em sua saída de impressora.

Acontece que quase nenhum outro equipamento utiliza esse mesmo conector, e por isso hoje em dia é praticamente impossível encontrar um conector como esse, ainda que usado.

Mostro aqui um jeito de transformar um conector de 36 pinos em um de 14 pinos. Notar que daqui a pouco será difícil de achar também os de 36 pinos, pois os PCs nem tem mais saída paralela e as impressoras agora são por USB ou Ethernet.

O conector de 36 pinos para montagem em cabo, é assim:

O primeiro passo é abrir as quatro linguetas, o que pode ser feito com uma chave de fenda, ou de maneira mais segura com um alicate de bico:

Após a abertura das linguetas, as partes separadas ficam assim:

Neste momento podemos sacar pela parte de trás os pinos que não serão utilizados. Deixamos 14 do lado esquerdo e 14 do lado direito (7 em cima e 7 em baixo):

Agora temos o seguinte:

Fiz uma simulação com o editor de fotos. A reta vertical era para se ter uma idéia de onde seria necessário cortar a parte plástica. Veremos mais pra frente que essa "medição" não deu certo, e no final apresentarei o modo correto de se fazer.

Para o corte foi usada uma micro-retífica. Mas poderia ter sido usada uma serra.

O resultado da "medição" acima e a impressão de que se conseguiria fazer duas peças me induziram a cortar a peça exatamente ao meio. Então a parte plástica ficou assim:

Agora damos uma desbastada no plástico para deixar a parte de dentro do conector como se fosse original de 14 pinos. Quem não tiver retífica pode usar uma lima.

E os últimos acertos e aplainamentos são feitos com o estilete:

O plástico deve ser desbastado de tal forma que se colocado dentro da parte metálica, o miolo fique mais ou menos na mesma distância da lateral, de ambos os lados:

Nesse ponto é que percebi que tinha que ter deixado mais plástico na parte do conector que ia ser usada, para completar a "orelha" interna. Ficou feio mas não prejudicará a montagem.

Segue uma comparação da parte desbastada com a parte bruta:

Neste ponto, o miolo já deve entrar e sair do conector do MSX sem enroscar:

Essa foi a parte fácil. Agora usamos o miolo para marcar onde cortaremos a parte de metal. É sempre bom marcarmos deixando uma folga para mais, para que depois, quando formos fazer os ajustes finais, sobre material ao invés de faltar:

Após realizada a marcação, corta-se o metal com retífica ou serra. A sugestão é usar uma morsa de bancada para não machucar as mãos e permitir um corte estável, já que o metal esquenta bastante durante o procedimento.

Peça após o final do primeiro corte:

Após realizarmos os quatro cortes, podemos encaixar tudo e notar que o miolo fica folgado. Nesse ponto realizamos ajustes com a retífica, lixa ou lima, para deixar a parte externa de metal bem justa com o miolo.

É importante deixar bem retos os pontos onde o metal se encontra, pois teremos que unir as duas partes ali, através de uma solda.

Após acertarmos as partes externas de metal, utilizamos as mesmas como referência para cortar a outra peça que encaixa sobre ela:

Percebemos que é necessário desbastar ainda mais o miolo para que a parte metálica traseira encaixe. A parte da frente encaixa na "orelha" enquanto que a parte traseira precisa de uma borda retangular com cantos arrendondados:

Agora prendemos a casca de metal na morsa, com as extremidades de contato lixadas, e efetuamos uma solda pela parte externa, com ferro de soldar e solda comum de estanho-chumbo para eletrônica.

Finalmente soldamos as duas peças traseiras, apoiadas no miolo. Em seguida encaixamos tudo e fechamos as quatro linguetas:

E pronto, temos nosso conector de 14 pinos. Notar que como foi dito anteriormente a solda das partes deve ser externa, porque o interior da parte metálica deve ficar totalmente livre para passar a parte plástica do conector fêmea:

Vitória ! Encaixou certinho no Hotbit...


Existem outras formas para se fazer a mesma coisa. Ainda não pensei em como fazer o invólucro plástico para este conector de 14 pinos.

Como em qualquer operação que envolve corte manual de peças, só será obtida a precisão com experiência com o material que está sendo cortado e com a ferramenta utilizada.

No caso de cortar demais e faltar material pra soldar o metal externo, a robustez do conjunto vai ficar prejudicada pois os grampos dos conectores apertam forte. Mas sempre é possível encharcar a lateral do miolo com super bonder ou outra cola na hora de fechar o conjunto...

No dia seguinte, lembrei que eu tenho um cabo para Hotbit com um conector original de 14 pinos, e que eu tenho um paquímetro - de plástico !

Resolvi comparar as medidas. Primeiro a largura da parte externa onde encaixam os clips do conector fêmea:

No conector original a medida é 29,05 mm

No conector fudeba a medida é 30,00 mm

Essa medida não é tão importante, e depende mais da dimensão original do rasgo na chapinha da peça do que do corte efetuado.
Em seguida a largura do miolo do conector:

No conector original a medida é 16,95 mm

No conector fudeba a medida é 16,85 mm

Em seguida a largura interna da parte metálica do conector:

No conector original a medida é 25,40 mm
Esse é o comprimento mínimo no qual a peça plástica deveria ter sido cortada de maneira a ter-se plástico suficiente para fazer toda a "orelha"

No conector fudeba a medida é 25,50 mm

As conclusões são as seguintes:

Não é possível fazer dois conectores de 14 a partir de um de 36, porque só existe uma parte metálica.

Se eu tivesse medido a peça original antes, e se os cortes e os desbastes tivessem sido feitos observando-se essas medições, o resultado teria ficado mais preciso e mais bonito.

Apesar da peça ter sido feita totalmente no olhômetro, podemos considerar que ficou boa.

Qualquer parte ou foto deste tutorial pode ser livremente copiada e utilizada, inclusive para que seja desenvolvido um procedimento melhor ou mais completo.



7 comentários:

antoniutti disse...

Parabéns! O resultado ficou muito bom.

Fernando Gallego disse...

Show de bola! Parabéns!

Luciano disse...

Ahhh tio. Para com isso! Essa diferença de alguns milímetros não representa nada. Eu tenho aqui um cabo Japonês que veio com o meu T-R, os conectores dele não são desmontáveis e sim aqueles injetados. Quer que tire umas fotos e medidas dele pra enriquecer?

E chegando aqui os que eu estou importando (não... não é um contêiner cheio, e sim a GRANDE quantidade de 9 conectores, raspei o estoque da lojinha) nóis mede ele também e fotografa de todos os ângulos.

Leonardo Suarez disse...

Show. Concordo com o Luciano, ficou massa demais.

PopolonY2k disse...

Werner.

Vc sabe on de encontro o esquema da pinagem para fazer um cabo de impressora para MSX utilizando esse conector que vc mostrou no seu post ?

A propósito, ótimo tutorial.

[]'s
PopolonY2k

Unknown disse...

Boa tarde

Excelente tutorial, voce tem o cabo pronto para conectar em impressora paralela.

Aguardo contato

Unknown disse...

Boa tarde

Excelente tutorial, voce tem o cabo pronto para conectar em impressora paralela.

Aguardo contato